Dados, Analítica & IA: Como a Confiança Gera Valor

0

MIT Sloan Management Review Connections Custom Research Report Resultados do Estudo Executivo Global Anual sobre Dados & Analítica

Não há dúvida de que a Analítica e as tecnologias emergentes são essenciais para que se possa gerar mais valor para as empresas através dos dados. Mas há um aspecto essencial e transversal a todo este processo: a confiança nos próprios dados. Este relatório incide precisamente nesse factor, de cariz não só técnico, mas também emocional.

Da mesma forma que a esterilização é imprescindível nos laboratórios clínicos, também a confiança nos dados é uma condição essencial para que se possa gerar valor através da analítica e de tecnologias emergentes, como a Inteligência Artificial. Os clientes e parceiros que partilham dados têm de acreditar que estes estão salvaguardados e que serão utilizados de modo apropriado, desde a sua recolha, passando pelo armazenamento, até à forma como são aplicados. Os indivíduos de toda a organização têm de compreender o cuidado dedicado à gestão dos dados, para que confiem nos insights que deles advêm e os utilizem para tomar decisões e colocar novas questões.

Este estudo global, aplicado a  mais de 2.400 empresas líderes de negócio e gestores, identifica onde é que as melhores práticas são aplicadas e em que medida, além de revelar uma discrepância constante: enquanto a maioria dos inquiridos reporta um crescente acesso aos dados, apenas uma minoria considera ter os dados “certos” para tomar decisões.

O estudo inclui ainda entrevistas a profissionais e especialistas de relevo nesta área, medindo as práticas de análise de dados em empresas de todo o mundo e de que forma os inquiridos percepcionam a eficácia dessas práticas. Três principais conclusões emergem entre os resultados:

1 – É necessária uma melhor governação dos dados – apenas uma minoria dos inquiridos tem actividades formais na garantia da qualidade dos dados, o que aponta para a necessidade de um maior compromisso para com a governança dos mesmos recorrendo ao apoio da analítica avançada.

2 – A privacidade dos dados emerge como uma oportunidade – a segurança dos dados é o principal foco dos respondentes, mas há espaço para melhorar a maturidade das práticas de segurança , aplicando Analítica e IA neste campo.

3 – Promover uma cultura Analítica melhora a inovação – as práticas de liderança e de gestão que sustentam uma cultura de inovação direccionada à Analítica são relativamente fortes, mas a investigação indica que muitas organizações têm oportunidade de fazer mais para divulgar as competências e mindset necessários pelos colaboradores.

As decisões organizacionais – como centralizar a função analítica e criar uma função de Chief Data Officer ou Chief Analytics Officer – certamente poderão ajudar a  atingir uma maior maturidade analítica. Também o testemunho dos profissionais inquiridos neste estudo pode ajudar a esse fim.

Em suma, a principal lição a reter é que a comunicação e colaboração entre Analítica e especialistas de negócio conduz a uma compreensão mútua e a benefícios mensuráveis. Os resultados deste questionário confirmam uma máxima que sempre pautou a conduta do SAS: a confiança gera valor.

Tags
Share

About Author

Business Analytics Portugal

We are a team of curious people passionate about data. We work at SAS in Portugal and we share ideas and discuss the impact that analytics has in the world. Somos uma equipa de pessoas curiosas apaixonadas por dados. Trabalhamos no SAS em Portugal e partilhamos ideias e discutimos o impacto que a analítica tem no mundo.

Leave A Reply

Back to Top